Translate this Page
ONLINE
7
Partilhe esta Página

VISITAS


Provérbios 4:1
Provérbios 4:1

Início  »  Provérbios  »  Capítulo 4  »  Provérbios 4:1 » 

Comentários diários de provérbios

Ouçam, meus filhos, a instrução de um pai; estejam atentos, e obterão discernimento.

Provérbios 4:1 -- Nova Versão Internacional  

Comentário do versículo:

Filhos, vocês prestam atenção aos seus pais para aprender o que eles têm a lhes ensinar? Pais, vocês ensinam seus filhos? Exige a atenção deles? Dá instruções sábias? Todos nós devemos ouvir atentamente a instrução do nosso Pai Celestial e Seus ministros.

Filhos são presentes de Deus a piedosos pais casados (Sl 127:3). Eles chegam sem entendimento (Pv 22:15). Eles precisam ser ensinados e instruídos, ou eles descambarão para os impulsos depravados de seus corações maus e/ou das idéias profanas do mundo (Pv 1:8; Pv 6:20-23).

Até o ano 1532 a.C. a Escritura não existia no mundo. Nenhum homem tinha um único versículo sequer da Bíblia durante 2.514 anos. Toda a instrução veio por palavras da boca, de pai para filho. Com homens vivendo até 969 anos como no caso de Matusalém (Gn 5:27), Também havia a palavra da boca dos avôs aos netos! O nosso provérbio era muito importante!

No ano 1532 a.C., Deus deu os Dez Mandamentos a Israel. Um desses tinha uma promessa de benção ligado a ele: o mandamento para as crianças honrarem os seus pais (Êx 20:12; Dt 5:16). Esta honra, que era extensiva a todas as idades de pais e filhos, incluía a obediência às suas instruções (Lv 19:3; Ef 6:1-3; Cl 3:20). A obediência filial aos pais se fez cumprir nessa nação justa e santa pela aplicação da pena capital (Dt 21:18-21).

Filhos, vocês devem prestar muita atenção para ouvir e obedecer à instrução que você receber dos seus pais, especialmente do pai (Pv 23:22; Pv 30:17). Você é um louco se você despreza os ensinos do seu pai (Pv 15:5). Quando você tiver idade suficiente para pensar que você sabe alguma coisa, seu pai já tem mais sabedoria do que você possa imaginar que exista no universo!

Pais, seu dever é determinado e importante. Você deve treinar os seus filhos no temor do Senhor e perpetuar a verdade de Deus através deles e dos filhos deles (Pv 22:6; Pv 29:15; Gn 18:19; Dt 4:9; Dt 6:4-9,20-25; Js 24:15; Sl 34:11; Sl 71:18; Sl 78:1-8; Is 38:19; Jl 1:1-3; Ef 6:4). Paulo presumia que os pais exortavam, confortavam e instruíam os seus filhos (ITs 2:11).

Ministros são pais espirituais (ICo 4:14-15; II Cor 6:13), os quais têm a responsabilidade de serem diligentes em seus ensinos (ITm 4:13-16; IITm 4:1-4). E é o dever dos seus ouvintes para prestarem atenção às suas instruções e obedecê-la (ITs 5:20; Hb 13:7,17).

O nosso Pai Celestial nos ensina através do ministério da Sua palavra (Lc 8:4-18), pela nossa consciência (Pv 20:27), pela correção (Pv 3:11-12), e pelo Espírito Santo (Ef 1:17; Ef 3:14-19). É o seu dever solene ouvir atentamente tudo que Ele nos ensina por qualquer um desses meios.

Caro leitor, você é obediente aos vários deveres deste provérbio? Se você é uma criança, você deve dar ouvido a qualquer instrução dos seus pais. Se você é pai, você deve ensinar e treinar os seus filhos. Ambos devem se humilhar para ouvir a Deus e aos Seus ministros.

O Senhor Jesus Cristo ouviu tudo o que o Seu Pai lhe ensinou, e cumpriu todas as suas instruções, pois ele declarou claramente que Ele sempre fez aquilo que agradava ao Pai (Jo 8:29). Mesmo quando o dever parecia esmagador, Ele ouviu e obedeceu (Mt 26:39).
 

topo